Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social You Tube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
30
30 SET 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Conselho do Idoso faz atividades na tarde desta sexta (30) para comemorar o Dia do Idoso e Dia Internacional da Terceira Idade
enviar para um amigo
receba notícias
O tempo para você passa mais rápido ou mais lento? À medida que vamos ficando mais velho, parece que o tempo vai passando mais devagar. Talvez seja esse o maior aliado da Terceira Idade: a percepção do tempo.

Talvez as histórias infantis retratam os idosos como vovozinhos ou vovozinhas, que ficam em casa cozinhando ou tricotando para a família, sentados em uma cadeira de balanço. Pela legislação brasileira, é considerada idosa a pessoa que tenha 60 anos ou mais de idade. Mas será que nos dias atuais é esse o perfil do idoso?

A verdade é que hoje as pessoas estão se preparando para uma maturidade mais ativa. Antes mesmo de chegar aos 60 anos, as pessoas estão procurando se cuidar mais, tratando da sua saúde física e mental, frequentando academia, fazendo caminhadas e alongamentos matinais, viajando mais, frequentando grupos e tudo mais o que se sentirem capazes.

“Não importa a idade que se tem e, sim, a idade que tu te consideras! Tem gente com pouca idade, mas que parou no tempo. Tem gente com muita idade e que surfa na crista da onda. A idade é só um número, o que vale é como nos sentimos”, destaca o Doutor em Saúde Mental e presidente do Conselho Municipal do Idoso, João Batista Andrade.

É o caso da dona Vera Silva da Rocha, 78 anos, que frequenta o grupo Conviver do Cras Centro/Tarumã todas as terças-feiras. Mãe de oito filhos e agora com 16 netos e 15 bisnetos, dona Vera só quer ser ela mesma. “Hoje eu sou só felicidade!”, exalta. Ela foi coroada Embaixadora do Conselho Municipal do Idoso e contribuiu com a organização do encontro.

Já dona Amália Lara, 90 anos, hoje mora na geriatria Vó Lurdes. Para ela, ser idosa é felicidade. “Adoro a minha vida! Sou feliz todos os dias!” Dona Amália adora cozinhar e seu prato preferido é Arroz, feijão, carne de panela e aipim frito.

Durante a tarde desta sexta-feira, 30 de setembro, o Conselho Municipal do Idoso, em parceria com as secretarias municipais de Cidadania e Assistência Social, Saúde e Cultura, e com o Sesc, proporcionaram uma tarde integrativa e emocionante para os maiores de 60 anos. Teve palestra, show de dança com a Cadica, música com Karlos e Jorge Verdum, exames e muito carinho demonstrado através de abraços.

Andrade fala que a felicidade está na mão de todos e que ser feliz “é um compromisso seu consigo mesmo e depende só de você. Cada um vê as coisas através de uma janela, que pode ser positiva ou negativa”, encerra.

Seta
Versão do Sistema: 3.2.9 - 07/12/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia