Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,65
Notícias
Principal   Notícias
 

24/08/2017
“A prevenção das deficiências através do acesso ao conhecimento"

Segundo estatísticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), 70% das deficiências podem ser prevenidas. O custo da prevenção para os governos é significativamente menor do que os programas que se fazem necessários após a instalação da deficiência. De acordo com a OMS, a deficiência não é uma doença, porém ela pode ser causada por uma doença, assim como, por acidentes, fatores orgânicos ou hereditários e genéticos, condições socioeconômicas e ambientais, fatores de risco e causas pré-natais, características maternas e influencias do meio, fatores químicos e nutricionais, além de causas desconhecidas.

A deficiência é uma condição na qual a pessoa é incapaz de realizar uma ou mais atividades consideradas “normais” para as demais pessoas. Existem várias formas de deficiências: física, motora, visual, auditiva, múltipla ou intelectual. A prevenção requer ações de vários tipos, tais como: educação em nutrição, atenção primária de saúde, atenção pré-natal e pós-natal, campanhas de vacinação, programas de prevenção de acidentes em locais de trabalho e programas de prevenção em acidentes de trânsito.

E, na XII Semana da Pessoa com Deficiência e Altas Habilidades, está sendo trabalhado justamente este tema. Para a coordenadora do Setor de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, Maria Helenas dos Santos, a falta de conhecimento também pode contribuir para o aumento de pessoas com deficiência. “Neste ano, trouxemos como temática a disseminação do conhecimento, como o acesso às políticas de saúde pública, à prevenção de acidentes domésticos e ao transporte de crianças com o uso correto de itens e do cinto de segurança”, explica Maria Helena.

Sessão Solene

Na quarta-feira, dia 23, à tarde, foi realizada uma sessão solene na Câmara de Vereadores, aberta pelo presidente, vereador Xandão Gomes, e conduzida pelo presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência, vereador Guguzinho. O secretário de Educação, Carlos Bennech, fala que as diferenças unem as pessoas para vencer novos desafios. “Em toda rede municipal de ensino trabalhamos com a educação inclusiva. Também dispomos de salas de recursos, onde estimulamos e desenvolvemos os potenciais das crianças com necessidades especiais”, explica.

A secretária de Cidadania e Assistência Social, Maria Rita Cardozo, destaca que o trabalho da Secretaria é voltado para assegurar os direitos das pessoas com deficiência, crianças, idosos, ou em situação de vulnerabilidade social. “Agora estamos implementando o novo programa do governo federal Criança Feliz PIM, que trabalha diretamente com a garantia dos direitos das crianças de zero e seis anos, promoção da saúde e prevenção de doenças, nas regiões Martinica, Florescente, São Tomé e Planalto. É em acolhimento familiar, com olhar diferenciado”, explana.

A promotora Gisele Moretto falou que o Mistério Público vem trabalhando para assegurar o direito das pessoas, no cumprimento das leis. “No que tange à acessibilidade, de acordo com a legislação, todos os locais de uso coletivo e público devem ter garantidos os direitos à acessibilidade, com possibilidade e condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação”, ressalta.

O presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência, Odilon Souza, destaca que  o tema da Semana é a prevenção. “Cerca de 70% das deficiências podem ser evitadas e isso representa economia aos cofres públicos e melhor qualidade de vida para as pessoas, com prevenção ou tratamento. Queremos alertar e conscientizar as pessoas”, assegura. Souza revela que somente no Rio Grande do Sul, 15% da população possui alguma deficiência.

Amigos da Esperança

Após a abertura, o coral Amigos da Esperança, formado por alunos da EMEF Jardim Outeiral, do projeto Aurora – Escolas Inovadoras, realizou apresentação. Quando foi formado o coral era composto por estudantes da Sala de Recursos. De acordo com a professora Rosana Kasper, a ideia inicial quando formou o coral era estimular a dicção das crianças. “Mas, depois da primeira apresentação, tudo mudou. Elas adoraram e isso mexeu com a autoestima delas. Os pais também aprovaram a ideia e as outras crianças, sem deficiência, também quiseram fazer parte do coral. Foi uma inclusão às avessas”, conta. “Hoje, o coral é referência na comunidade, na rede municipal escolar e agora também está sendo reconhecido por outros municípios”, encerra Rosana.

Testes

Após a apresentação de quatro músicas cantadas pelas crianças, a enfermeira Lourdes, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), falou sobre os testes obrigatórios preventivos que devem ser feitos no primeiro mês de vida do bebê, muitos ainda no hospital, mas outros na Unidade Básica de Saúde (UBS). “O diagnóstico precoce de doenças pode ser tratado ou corrigido ainda no primeiro mês de vida, não ocasionando uma futura deficiência.”

Pré-natal

Já a enfermeira Rita, da SMS, ressalta a importância da realização do pré-natal desde o início da gravidez. “Todas as unidades realizam o teste rápido de gravidez e se der positivo a gestante já sai da unidade com a requisição de exames e consultas agendadas para o seu acompanhamento.” Rita também explica que a rede municipal conta com programas antitabagismo, vacinação, grupos de apoio, entre outros, com acolhimento livre na própria UBS.

Também foi apresentada a parceria da ONG Vida Urgente, que está realizando trabalho educativo de prevenção de acidentes de trânsito junto às escolas, bem como a atuação do profissional assistente social, que trabalha em prol do fortalecimento da autonomia do deficiente. A XII Semana da Pessoa com Deficiência segue até a próxima segunda-feira, dia 28. 

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2018.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.