Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Twitter
Rede Social You Tube
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
08
08 MAR 2017
SAÚDE
Campanha de combate ao mosquito vai aos núcleos comunitários

A Prefeitura de Viamão está engajada na campanha de combate ao mosquito Aedes Aegypti e visitando núcleos comunitários, igrejas e escolas para orientar e conscientizar as pessoas a manter o mosquito longe do município. No último domingo, dia 5 de março, o prefeito, André Pacheco, esteve presente na Igreja Encontros de Fé, no Bairro Lanza, falando da campanha e das ações que o governo está fazendo para que não haja proliferação da larva do mosquito Aedes Aegipty.

Na ocasião, o prefeito entregou à comunidade um folder explicativo e orientou os cidadãos sobre como manter os seus espaços limpos, para que o mosquito, transmissor do vírus da dengue, da febre amarela, da Chikungunya e Zika Vírus, não se instale em Viamão. Pacheco lembra que o trabalho preventivo iniciou no final do ano de 2015, quando o município apresentava médio risco de infestação, com base na aplicação do Levantamento de Índice Rápido de Aedes Aegypti. Após o trabalho intensivo da Prefeitura, visitando as residências e propondo mudança de hábitos, o resultado foi positivo e houve uma diminuição do número de focos e casos de dengue no município. No ano de 2017, de janeiro até a presente data, não foi registrado nenhum caso positivo de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. “Continuamos nesta batalha e contamos com a ajuda dos agentes de saúde, dos agentes de combate às endemias, e de vocês para atuarem como fiscais em suas residências, em suas ruas e em seus bairros, colaborando para que continuemos a manter a cidade limpa e denunciando que deposita lixo e entulhos em terrenos baldios ou áreas verdes.”

O prefeito também falou sobre a Lei de Regularização Fundiária (4.396/2015) e seus benefícios para a regularização dos imóveis. “Queremos trazer à tona o sentimento de pertencimento do cidadão viamonense. Se o cidadão regulariza sua casa e seu terreno, ele acaba se sentindo mais responsável pela sua moradia, por seu bairro, sentindo-se mais pertencente ao município”, encerra Pacheco.


 

Histórico do município:

  • Novembro 2015: 1,0 Índice de Infestação Predial do Município. Médio risco;

  • Janeiro de 2016: 1,0 Índice de Infestação Predial do Município. Médio risco;

  • Maio de 2016: 2,6 Índice de Infestação Predial do Município. Médio risco;

  • Novembro de 2016: 0,4 Índice de Infestação Predial do Município. Baixo risco.

    Casos confirmados de dengue:

– Em 2016, houveram aproximadamente 154 casos confirmados de dengue.

– No ano de 2017, de janeiro até a presente data, houve nenhum caso positivo de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.



 

Texto: Rose Scherer/ Depto. Comunicação
Jornalista/Mtb 8249

Seta
Versão do Sistema: 2.10.1 - 07/01/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia