Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social You Tube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
26
26 JUL 2013
Tarde de Campo mostra benefícios do manejo racional dos campos
enviar para um amigo
receba notícias

No dia 24 de julho, quarta-feira, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Seagri), em parceria com a EMATER e a Secretaria do Meio Ambiente promoveu uma Tarde de Campo na propriedade do pecuarista João Assis, localizada na região das Lombas, no município de Viamão. O agricultor, que destinou cinco hectares dos seus campos nativos para investir em pastagem neste ano, participa do Programa RS Biodiversidade e abriu as porteiras de sua propriedade para contar os benefícios do manejo racional do campo nativo, aos demais agricultores interessados.

Ele fez novos piquetes onde coloca o gado para se alimentar de aveia e cornichão. “Eu coloquei adubo orgânico, calcário, fosfato e pastagens. Não utilizei arado nem adubação química, porque queremos preservar o meio ambiente”, explica Assis. A Seagri ajudou na execução do trabalho com a Patrulha Agrícola, que fornece mão de obra e equipamentos, e através da orientação técnica da EMATER.

Durante a Tarde de Campo os participantes percorreram três estações. Na primeira foram repassadas informações sobre a trajetória e os objetivos o RS Biodiversidade e sobre os projetos desenvolvidos nas propriedades da localidade das Lombas. Além disso, os pecuaristas foram orientados quanto a disponibilidade de financiamento nesta área e a documentação necessária. Na segunda estação foi explicada a forma mais adequada de cultivo de pastagem aliada à conservação dos solos e sua fertilização, além da forma adequada de realização da sobressemeadura, os custos destas práticas e as perspectivas para os próximos anos. Por fim, na terceira estação, foram compartilhados conhecimentos sobre o manejo da pastagem, a avaliação da oferta de pasto e o pastoreio rotativo. Segundo o secretário da Agricultura e Abastecimento, Carlos Remi Pacheco, na Tarde de Campo pode-se ter a percepção da aceitação dos produtores em relação ao programa, e o entendimento de que só se faz melhoramento no campo com a aplicação de novas técnicas.

  

 

 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia