Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,78
Notícias
Principal   Notícias
 

10/05/2019
Dia de Bike ao Trabalho

Você sabia que hoje é o Dia de Bike ao Trabalho? A data foi inspirada no Bike To Work Day, evento anual criado nos Estados Unidos e Canadá, desde 2003. No Brasil, acontece na segunda sexta-feira do mês de maio. Deixar o carro na garagem, esquecer o ônibus e ir de bicicleta para o trabalho. Essa é a atitude incentivada para esta sexta-feira (10). Você acha isso difícil? Então se inspire no professor de matemática Luís Lopes da Silva, 45 anos, que utiliza sua “magrela” como meio de transporte diariamente para trabalhar.

Luís mora no Sítio São José e pedala até a EMEF Apolinário Alves dos Santos, em Águas Claras, e até a EMEF Nossa Senhora da Conceição, no Jardim Lisboa. Uma média de cerca de 45 quilômetros por dia. O dia que ele não leciona em uma das escolas, ele vai pedalando até o centro de Porto Alegre, só para não perder o costume. Como um bom matemático, Luís registra tudo através do velocímetro. Mas nem sempre foi assim...

Há sete anos, seus hábitos eram outros e Luís pesava 108 quilos. Além do sobrepeso, o sedentarismo também era outro agravante. “Então tomei uma atitude drástica: deveria mudar de vida! Fui ao médico e minha pressão arterial estava em 220 por 170. O cardiologista me disse que deveria ter infartado naquele momento. Fiz monitoramento da pressão arterial durante 24 horas e retornei ao médico. Ele me receitou um comprimido a cada 8 horas para controlar a pressão e foi taxativo: ou diminuía a minha massa gorda ou não iria chegar aos 50 anos!”

Luís ouviu, ficou assustado, mas ainda não foi motivo para a mudança. Aí então numa tentativa de doar sangue, não passou pela triagem devido aos seus hábitos alimentares e ao consumo diário de uma garrafa de cerveja. “Para uma pessoa que recebe doação de sangue, precisa que as plaquetas estejam perfeitas para fazer o trabalho delas de cicatrização. Pois bem, quando a pessoa ingere bebida alcoólica, algumas plaquetas se danificam. Aquilo foi um soco na cara. Mas valeu, pois acordei. Ressuscitei minha bicicleta que estava há dez anos guardada embaixo da casa e saí a pedalar três quilômetros por noite. Depois fui aumentando gradativamente.”

Luís também mudou seus hábitos alimentares e deixou de lado os carboidratos. No final de 2013, estava com 88 kg. Foram eliminados 20 quilos em dois anos. Em outubro de 2015, Luís começou a freqüentar academia e, aos poucos foi trocando massa gorda por massa muscular. O pedal já rendia cerca de 25 quilômetros por dia e, em 2017, começou a pedalar até o trabalho. “Fui guardando o dinheiro do combustível e economizava por mês cerca de 120 reais. O dinheiro economizado foi investido numa nova bicicleta, aro 29, com freio a disco e velocímetro. Até hoje, em um ano e cinco meses, ela já rodou 14.979 quilômetros. Uma média de 28,86 quilômetros por dia.”

Nessa nova vida, os finais de semana também são comemorados de outra forma: pedalando com os amigos ou com a família. “Fazemos algumas pedaladas pela Estância Grande, Gasômetro, ou Barragem. Quando não saímos em grupo, saio sozinho mesmo. Minha motivação é pedalar e ganhar em qualidade de vida.” A manutenção da bike é bem menor que o valor da gasolina e dos remédios que deixou de fazer uso. “A última medicação que tomei foi quando extrai um dente há 4 anos. De lá pra cá, não tenho nem dor de cabeça. Abuso agora é só de frutas, verduras, ovo e água. Tem pedais que já chegaram a 100 quilômetros! A bicicleta faz parte da minha rotina e não imagino meu dia-a-dia sem a magrela”, encerra o professor de matemática.

 

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2019.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet