Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,78
Notícias
Principal   Notícias
 

28/02/2019
Merenda escolar ganha reforço

Já dizia o ditado popular “é de pequenino que se torce o pepino”, referindo-se que se deve dar desde o mais cedo possível às crianças bons costumes e educação. Isso vale também para uma alimentação saudável e balanceada, visando criar bons hábitos alimentares que perdurarão pela vida. Como são agitados e vivem em atividade muscular mais intensa, acabam exigindo gastos calóricos elevados. Se a alimentação é deficitária ou inadequada, pode gerar dificuldade de concentração.

Introduzir três refeições quentes no ano letivo de 2018 teve resultados positivos. Além de reduzir a evasão escolar, provocou o desenvolvimento de trabalhos em várias escolas sobre uma alimentação saudável, inclusive com o cultivo de hortas. Neste ano, Secretaria Municipal de Educação (SME) aumentou, de três para quatro dias, o fornecimento de refeições salgadas, acompanhadas de saladas. Agora só nas quartas-feiras a merenda é composta por biscoitos, pães, frutas, sucos, achocolatados ou vitaminas.

Uma vez por mês, a SME faz a separação de todos os alimentos não perecíveis e encaminha para cada escola, de acordo com o número de alunos matriculados. Os mantimentos são acondicionados na despensa para serem preparados conforme o cardápio. Em 2017, foram adquiridos o percentual de 36,57de alimentos orgânicos provenientes da agricultura familiar aqui do município. Já em 2018 o percentual subiu 7%, chegando a 43%. A escolha dos alimentos é baseada também nos hábitos alimentares locais e culturais, atendendo as necessidades nutricionais por faixa etária.

Fazem parte do cardápio aipim, arroz, lentilha, polenta, ovos, banana, batata doce, bergamota, beterraba, cebola, bolo, couve, cuca, feijão, maçã, moranga, banana orgânica, repolho, bebida láctea, cenoura, doce de leite e suco de uva. Diversas escolas espalham cartazes pela escola para mostrar quais alimentos fazem bem e porque é importante consumi-los. Desde pequeninas as crianças são estimuladas a fazerem uso dos talheres e a manipularem os utensílios, como parte do processo de aprendizagem. Meter a mão na massa também pode e assim, as crianças da educação infantil são convidadas a prepararem salada de frutas e lanches naturais no refeitório da escola, bem como bolos nutritivos com cascas de alimentos.

 

Saiba onde encontrar as vitaminas necessárias ao organismo:

– Vitamina A (retinol): presente em vegetais de cor verde-escura, amarela e alaranjada (brócolis, espinafre, couve, agrião, caqui, pêssego, mamão, cenoura), fígado, laticínios e gema de ovo. Ela evita infecções, problemas de visão e auxilia na troca de células da pele.

– Vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6 e B7): encontradas em alimentos de origem animal, amendoim, café, couve, agrião, espinafre, cereais e ovos. São responsáveis pela produção de energia pelo nosso corpo e sua falta provoca paralisia e enfraquecimento dos músculos (doença chamada beribéri), fraqueza, feridas na pele, diarreia e confusão mental (doença chamada pelagra) e anemia. Além disso, em mulheres grávidas, sua carência pode provocar problemas ao feto.

– Vitamina C: muito conhecida, pode ser encontrada em acerola, melão, brócolis, manga, kiwi, abacaxi, morango, limão, laranja e maracujá. Está diretamente ligada à formação de colágeno, formação dos glóbulos vermelhos do sangue, previne gripes e também uma doença chamada escorbuto, que provoca sangramentos, principalmente na gengiva.

– Vitamina D: óleo de fígado de peixe, manteiga, nata, gema de ovo e salmão são alguns dos alimentos onde ela está presente. É fundamental no metabolismo dos ossos, ajudando na prevenção de doenças como raquitismo e osteoporose.

– Vitamina E: pode ser encontrada em grãos integrais, amêndoas, óleo de milho, óleo de soja, nozes e gérmen de trigo. É uma vitamina com importante função antioxidante, com excelente característica de defesa contra efeitos nocivos dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento e doença cardiovascular.

– Vitamina K: presente em alimentos verdes, como vegetais de folhas e legumes como couve, brócolis, gema de ovo, óleo de soja, tomate, fígado, leite e seus derivados. É uma vitamina importante para uma boa coagulação sanguínea.

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2019.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados.