Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Twitter
Rede Social You Tube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
08
08 JUN 2017
MEIO AMBIENTE
Na Semana do Meio Ambiente, Coman inicia projeto de castração no bairro
enviar para um amigo
receba notícias

Começou nesta quinta-feira, dia 8 de junho, o projeto a “Coman no Bairro”. O lançamento aconteceu na Semana do Meio Ambiente e o bairro escolhido para o início do projeto foi o São Tomé. De acordo com o coordenador de Atenção aos Animais, Ângelo de Oliveira, foi na EMEF São Tomé que iniciou o projeto pioneiro de formação da “Tropa de Elite Mirim de Atenção aos Animais”. “A Escola já exercia um papel de cuidadora dos animais e, após a palestra de sensibilização, os pais também foram engajados como cuidadores e denunciam maus tratos”, explica Oliveira.

O secretário e o diretor-geral de Educação, Carlos Bennech e Marco Aurélio dos Santos, respectivamente, prestigiaram a chegada das pessoas com seus pets. Foram trazidos por seus donos 29 animais e mais outros três que são comunitários, recebem os cuidados de todos. Os animais foram levados na unidade móvel para serem castrados numa clínica licitada em Porto Alegre. Eles retornam no final da manhã do doutro dia.

A diretora da EMEF São Tomé , Denise Camargo, salienta o trabalho de conscientização que vem realizando com os pais, sobre posse responsável, controle da natalidade dos animais e violência. “Nossa escola adotou um cãozinho que foi atropelado numa estrada próxima. Os Bombeiros Civis de Itapuã foram parceiros com a ajuda de medicamentos e hoje ele é cuidado por todas as crianças, que fazem rodízio para alimentar e dar água para ele. Isso ajuda a formar um senso de responsabilidade”, explica Denise.

Bennech ressalta que a escola é o centro de uma comunidade. “Tudo passa pela escola, tudo passa pela educação. As escolas têm a missão de fazer a diferença no seu bairro e nós, enquanto governo, de promover ações de bem-estar, que cultuam a paz e o amor para dentro das escolas. Estamos plantando a sementinha para colhermos, no futuro, uma geração preocupada com as questões sociais”, expressa o secretário de Educação.

Como funciona o projeto?

As escolas identificam as famílias que estão em situação de vulnerabilidade e que possuem cães ou gatos, que por situações financeiras, ainda não conseguiram esterilizar os animais e passam o cadastro para a Coordenação Municipal de Atenção aos Animais (Coman). De quinze em quinze dias a unidade móvel da Coman irá até uma escola para buscar os animais e levá-los para a castração. Os cães comunitários necessitam de um voluntário para acolhe-lo nos cuidados pós operatório.

A Coman também executa o projeto “Nossos amigos os animais”, onde a equipe da visita as escolas da rede pública e particular e ministra palestras sobre posse responsável, identificação de maus tratos e formação de tropa de elite mirim de atenção aos animais. Durante os dois primeiros anos, foram capacitados cerca de 2.600 alunos. Neste ano, está prevista a capacitação de mais 2.400 alunos, totalizando 5 mil estudantes. A estimativa da Coman é atingir o marco de 1.000 castrações até o final do ano. 

Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia