Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal Viamão-RS
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,78
Notícias
Principal   Notícias
 

20/04/2018
A Semana Missioneira abre a porteira do Tropeirismo no Dia do Índio

A Semana Missioneira foi aberta oficialmente nessa quinta-feira, dia 19, no Ginásio Municipal de Viamão. O evento reuniu diferentes vertentes da cultura gaúcha e, em especial, do povo missioneiro, além de celebrar o Dia do Índio, 19 de abril, e o Dia do Tropeirismo, 20 de abril.

A festividade foi agraciada com as presenças e apresentações do cantor missioneiro Adelar Saraiva, de Tainá Baldez que declamou o poema “Herança Missioneira em Viamão”, e da tribo indígena “Mbiá-Guarani”, do Cantagalo, que expôs seu artesanto e seu cacique, Jaime Vherá Guirá, falou das forças do povo indígena.“O Dia do Índio não sé só hoje, é todo os dias. Nós temos reivindicações, mas entendemos que a parceria é a melhor maneira de solucionar os problemas de qualquer povo, sendo da cidade ou nativo”, falou o cacique Jaime.

O convidado homenageado foi o tropeiro Narcizo Fraga de Fraga por sua representação notória entre o movimento cultural do Tropeirismo. “O tropeiro tem de gostar do gado e do cavalo. Não adianta ele dizer que é tropeiro, se não sabe lidar direito com a criação. Quem não cuida da criação, acaba perdendo o gado”, explica seu Narcizo.

Além das atrações culturais, o público pôde resgatar informações históricas dos povos Guarani-Missioneiros, através da palestra de Emiliano Limberger, historiador e coordenador do Instituto Pró Memória Sepé Tiarajú, do Projeto Semana Missioneira (Lei Estadual nº 13.579/2010) com o apoio do Centro Cultural Sampaio. Para reforçar o viés histórico do Rio Grande do Sul, o professor e diretor do Museu Municipal, Francisco Bitencourt, palestrou sobre os costumes e as rotinas diárias do tropeiro, que partia do Rio Grande do Sul até o interior de São Paulo. 

Segundo o Secretário da Cultura, Luciano Alves, contar com a presença dos alunos da EEEM Setembrina e da comunidade local nessa celebração é fomentar as origens de Viamão também. “Conseguimos unir o Tropeirismo com o Índio nesse contexto missioneiro. Não tenho como descrever nossa satisfação em levar aos jovens a história dos índios missioneiros e do tropeirismo, que desempenhou papel fundamental para o nosso comércio e economia, antigamente. Devemos manter a chama acesa”, relata o secretário Luciano.

No final da festividade os convidados fizeram o plantio de sete mudas de Erva-Mate simbolizando os Sete Povos das Missões. 

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2019.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Internet Instar Internet