Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,65
Notícias
Principal   Notícias
 

24/11/2017
Terceiro dia de Feira Literária traz contação de histórias, música, bate-papo, dança, sarau e espetáculos teatrais

O terceiro dia da 13ª Feira Literária de Viamão traz bate-papo com escritores, contação de história, teatro, performance circense, música, sessão de autógrafos dança e espetáculo com o Guri de Uruguaiana. A 13ª Feira Literária de Viamão homenageia o médico, escritor e colunista Moacyr Scliar, pela passagem dos seus 80 anos.

A patronesse é a professora da língua portuguesa, educadora e empresária, Sônia Göelzer, que desde 1992 realiza um trabalho pedagógico na fazenda de sua família – a Quinta da Estância.

A Feira Literária acontece até o dia 25 de novembro junto à Praça Cônego Bernardo Machado, em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição. São quatro dias de programação intensa, da manhã à noite.

Programação dia 24 de novembro:

8h30 – Bate-papo com o escritor Rodrigo Munari

Rodrigo Munari

O escritor, cantor e compositor Rodrigo Munari nasceu em Porto Alegre. Passou a infância e parte da adolescência em Osório, litoral norte do estado, de onde saiu para o mundo da música. Formou em 1989 o grupo Vozes do Vento, e em 1991, ingressou no Tchê Barbaridade onde gravou um disco. Em 1993 foi convidado a integrar-se ao conjunto Os Serranos, gravou seis discos, viajou o país e os países vizinhos do MERCOSUL, e de quebra, faturou um disco de ouro pela vendagem superior a 150 mil cópias da obra “Os Serranos interpretam sucessos gaúchos”. Formou em 2002 ao lado do irmão a dupla Enzo&Rodrigo, gravou sete CDs e dois DVDs, participou do projeto “Emoções em Alto-Mar” do cantor Roberto Carlos, de alguns dos mais importantes programas da televisão brasileira como o Fantástico e o Domingão do Faustão, e como compositor e intérprete teve a canção “Traz de volta a minha vida” escolhida para ser parte da trilha sonora da novela Paraíso da TV Globo. Atualmente está finalizando o disco “Histórias, Romances e Canções”, lançando o livro “Romance das duas flores” e trabalhando na produção do filme de curta metragem “Caminhos e Encruzilhadas”, onde assina o roteiro e atua.

9 horas – Contação de histórias com a professora Evanícia Boff (no Espaço Moacyr Scliar)

9h30 – Espetáculo teatral “As Aventuras e Desventuras de Pinóquio” (Cia de Atores Independentes)

As Aventuras e Desventuras de Pinóquio

Pinóquio é o boneco de madeira mais conhecido do mundo. Criado por Gepeto, um marceneiro que se dedica a reformar brinquedos, o boneco passa a viver como uma criança comum, embora viva com diferenças que precisam ser superadas para que alcance seu sonho: tornar-se um menino de verdade. A história é uma grande metáfora que expõe as mazelas do mundo: a miséria, o egoísmo, as relações deturpadas e o desprezo pela educação, como também, o amor como mola mestra para o renascimento, a busca do sonho para a plenitude. Pinóquio tornou-se uma das referências da literatura italiana e ganhou versões adaptadas em diversos formatos. A riqueza desta história permite inúmeras leituras, por públicos de diferentes idades. É uma grande aventura entregar-se a este Pinóquio, que erra, sofre e se redime para tornar-se gente.

10h15 – Contação de histórias com a professora Evanícia Boff (no Espaço Moacyr Scliar)

10h30 – Sessão de autógrafos com o escritor Rodrigo Munari

10h45 – Performance “Cortejo Circense”, com o grupo Circo Girassol

Cortejo Circense

O Cortejo Circense do Circo Girassol é conhecido pela sua versatilidade. Em uma combinação de músicas e números circenses, surpreende o público com uma animada intervenção. Oito artistas apresentam canções do repertório do Circo Girassol e de outros autores, e nas suas tradicionais paradas, os palhaços interagem e divertem o público.

12 horas – Música com Vitória Rocha

13 horas – Performance “Cortejo Circense”, com o grupo Circo Girassol

13h30 – Bate-papo com o escritor Fábio Monteiro e André Neves

Fábio Monteiro

Fábio Monteiro nasceu em Recife/PE e perdeu as contas dos anos que mora em São Paulo. Formado em História pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, especializou-se na PUC/SP em História, Sociedade e Cultura. Conta Histórias verdadeiras para seus alunos, mas inventa algumas outras que se tornam verdades por meio da literatura para infância e juventude. 

André Neves

André Neves nasceu em Recife (PE), mas atualmente reside em Porto Alegre (RS), onde trabalha pesquisando, escrevendo e ilustrando livros infantis. Estudou Artes Plásticas, é arte-educador e promove palestras e oficinas sobre literatura infantil e juvenil. Já publicou por Paulinas: A caligrafia de Dona Sofia, Menino chuva na rua do sol, Seca, e Mestre Vitalino, além de ter ilustrado vários livros de outros autores. 

14 horas – Contação de histórias com a professora Evanícia Boff (no Espaço Moacyr Scliar)

15 horas – Espetáculo teatral “As Aventuras e Desventuras de Pinóquio” (Cia de Atores Independentes)

15h45 – Contação de histórias com a professora Evanícia Boff (no Espaço Moacyr Scliar)

16 horas – Sessão de autógrafos com os escritores Fábio Monteiro e André Neves

16 horas – Aula aberta de dança com o Conjunto Folclórico Arte Nativa

17h30 – Música com Maico Lucca

18 horas – Sessão de autógrafos com escritores locais (Espaço do Autor)

20 horas – Bate-papo com o escritor Eduardo Bueno

Eduardo Bueno

Nascido em Porto Alegre, no ano de 1958, Eduardo Bueno atualmente é jornalista, tradutor e escritor. Iniciou no mercado de trabalho aos 17 anos como repórter do jornal Zero Hora, de onde ganhou o apelido de Peninha. Bueno atuou também como editor, roteirista e tradutor e trabalhou em outros veículos de comunicação. O escritor também participou do programa para jovens Pra começo de Conversa, da TV Educativa de Porto Alegre. Seu reconhecimento nacional veio por meio da tradução de On the Road, de Jack Kerouac, em português intitulado Pé na estrada. Mais tarde, Eduardo Bueno assinou contrato com a editora Objetiva. O jornalista escreveu cinco livros sobre a História do Brasil; a coleção foi intitulada Terra Brasilis.

21 horas – Espetáculo “O Guri de Uruguaiana”

O Guri de Uruguaiana

Guri de Uruguaiana é um personagem gaúcho criado pelo humorista Jair Kobe. Assistido ao vivo por mais de três milhões de pessoas. Jair Kobe recebeu, no dia 16 de novembro de 2011, o título de Cidadão Emérito de Porto Alegre em função de suas destacadas em promoção do bem-estar, como a participação em projetos beneficentes, em campanhas que tratam da saúde pública, visitas e apresentações freqüentes em hospitais e associações, além do apoio especial à causa da proteção e promoção do bem-estar animal. Tudo isto por meio de ações divertidas através de seus personagens, principalmente o Guri de Uruguaiana, que leva alegria e muito bom humor às pessoas. Jair Kobe também recebeu, no dia 15 de junho de 2012, o título de Cidadão Alegretense por sua contribuição para a promoção da cidade de Alegrete (RS).

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2018.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.