Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,65
Notícias
Principal   Notícias
 

21/07/2017
Biblioteca Erico Veríssimo lança desafio de Bookcrossing

Seja por prazer, seja para estudar ou para se informar, a prática da leitura aprimora o vocabulário e dinamiza o raciocínio e a interpretação.

Pensa rápido e responde: Qual o título do último livro que você leu? Lembrou? Parabéns! Não? Então tá na hora de escolher uma obra e partir para a leitura! Mas, tudo bem, você não está sozinho... Uma pesquisa realizada pelo Ibope, por encomenda do Instituto Pró-Livro, entidade mantida pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), Câmara Brasileira do Livro (CBL) e Associação Brasileira de Editores de Livros Escolares (Abrelivros), ouviu 5.012 pessoas, alfabetizadas ou não, representando 93% da população brasileira. O resultado apontou que 44% da população brasileira não lê e 30% nunca comprou um livro.

A pesquisa, Retratos da Leitura no Brasil, realizada em 2015, revela que o brasileiro lê apenas 4,96 livros por ano. Desses, 0,94 são indicados pela escola e 2,88 lidos por vontade própria. Do total de livros lidos, 2,43 foram terminados e 2,53 lidos em partes. A média anterior (2011) era de 4 livros lidos por ano. Para 67% da população, não houve uma pessoa que incentivasse a leitura em sua trajetória, mas dos 33% que tiveram alguma influência, a mãe, ou representante do sexo feminino, foi a principal responsável (11%), seguida pelo professor (7%).

Aos não leitores, foi perguntado quais foram as razões para eles não terem lido nenhum livro inteiro ou em partes nos três meses anteriores à pesquisa. As respostas foram muitas: falta de tempo (32%); não gosta de ler (28%); não tem paciência para ler (13%); prefere outras atividades (10%); dificuldades para ler (9%); sente-se muito cansado para ler (4%); não há bibliotecas por perto (2%); acha o preço de livro caro (2%); entre outras desculpas. A leitura ficou em 10º lugar quando o assunto é o que gosta de fazer no tempo livre. Perdeu para assistir televisão (73%), por ouvir música (60%), usar a internet (47%), reunir-se com amigos ou família ou sair com amigos (45%), assistir vídeos ou filmes em casa (44%), usar WhatsApp (43%), escrever (40%), usar Facebook, Twitter ou Instagram (35%). Ler livros em papel ou livros digitais ficou no mesmo índice (24%) que ler jornais, revistas ou noticias, ou mesmo praticar atividades esportivas.

Bookcrossing

Então, pensando em reverter este quadro, a Biblioteca Pública Erico Veríssimo, da Secretaria Municipal de Educação, está propondo que na próxima terça-feira, dia 25 de julho, os estudantes, professores e funcionários públicos “esqueçam” um livro já lido num local público, com um bilhete: “Leve este livro. Ei, você que achou este livro, agora ele é seu! A iniciativa faz parte de um projeto de incentivo à leitura e compartilhamento de conhecimento. Quando acabar de ler é só deixar em algum lugar estratégico para outra pessoa encontrar. Aceita o desafio? Projeto Esqueça um Livro.”

         De acordo com a coordenadora da Biblioteca Érico Veríssimo, Luciane Tavares, a ideia partiu do jornalista paulista Felipe Brandão, que difunde o bookcrossing (esquecer o livro num local público para alguém ler e esse alguém fazer o mesmo). “O objetivo é transformar o mundo inteiro numa biblioteca”, explica Luciane. A coordenadora da biblioteca tem o mesmo pensamento de Lindomar batista: “O conhecimento não é para ser guardado a sete chaves e sim para ser compartilhado, dividido, pois o conhecimento guardado é igual dinheiro num cofre, perde o valor e não rende nada.”

Saiba mais sobre a Biblioteca Erico Veríssimo:

A Biblioteca Pública Erico Veríssimo está localizada no Calçadão Tapir Rocha, 49, Centro. Fica aberta das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, com exceção das quartas-feiras, cujo expediente é interno. São 15 mil obras que estão à disposição para leitura no local ou para o associado levar para casa. Atualmente, o número de sócios é 700, mas os que retiram livros são cerca de 200. Os títulos mais procurados são os espíritas, seguido pelas leituras obrigatórias.

Alcenira Pacheco da Silva, 62 anos, trabalha como cuidadora e toda semana retira um livro na Biblioteca. Ela é sócia há 10 anos e já perdeu a conta de quantas obras leu. Sua preferência são os espíritas e o que a marcou foi “Cadê Tereza”, de Zíbia Gasparetto.

Para ser sócio não custa nada. Basta levar duas fotos 3x4, comprovante de residência , carteira de identidade e pronto, já está apto a retirar toda semana um livro para ler.

 
 
 
 
Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2018.
Todos os direitos reservados Instar
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h
Seta
icone instar © Copyright Instar - 2006-2018. Todos os direitos reservados.